Federação Goiana de Futebol

NOTÍCIA

Goiás 3x1 Aparecidense: o Goiás é tetra goiano pela 2ª vez





No Estádio Serra Dourada em Goiânia, vitória do Goiás sobre a Aparecidense por 3x1 na partida de volta da Fase Final do Goianão 2018. Assim, o Goiás sagra-se campeão goiano de 2018 vencendo um e empatando outro dos dois jogos da Fase Final, uma vez que na partida de ida verificou-se empate em 0x0, e por extensão, o tetra-campeonato 2015/2016/2017/2018, seu 2º tetra goiano na história.
 
 
Já é o 28º título de campeão goiano conquistado pelo Goiás, o time com o maior número de títulos de campeão goiano conquistados, livrando agora nada menos do que 13 de vantagem sobre o que vem a seguir, o Vila Nova. Os demais títulos de campeão goiano conquistados pelo Goiás foram em 1966, 1971, 1972 (bi), 1975, 1976 (bi), 1981, 1983, 1986, 1987 (bi), 1989, 1990, 1991 (tri), 1994, 1996, 1997, 1998, 1999, 2000 (penta), 2002, 2003 (bi), 2006, 2009, 2012, 2013 (bi), 2015, 2016 e 2017, todos já na era do profissionalismo.
 
 
A Aparecidense é vice-campeã goiana pela 2ª vez na história, sendo que o anterior tinha sido em 2015 quando perdeu o título para o próprio time esmeraldino.
 
 
No 1º tempo, Goiás 1x0, com um gol relâmpago marcado pelo lateral esquerda Breno, de cabeça, antes do 1º minuto de jogo, aos 53 segundos. Na etapa complementar Tiago Luis aos 31’ assinalou o 2º gol alvi-verde, Alex Henrique, em cobrança de pênalti, aos 42’ diminuiu para a equipe de Aparecida de Goiânia para Júnior Viçosa aos 49’ definir o placar em Goiás 3x1 Aparecidense.
 
 
Dois jogadores participaram das quatro conquistas seguidas do Goiás. São eles: o zagueiro Deivid e o atacante Carlos Eduardo, ao passo que o técnico Hélio dos Anjos completa seu quinto título de campeão goiano pelo time da Serrinha, depois das conquistas de 1999, 2000, 2009 e 2015, o que implica dizer que Hélio dos Anjos foi o técnico por ocasião dos dois tetras goianos do Goiás.
 
 
A Aparecidense tem quatro jogadores remanescentes de sua 1ª Final de Goianão em 2015, o goleiro Pedro Henrique, os zagueiros Filipe e Mirita e o meiocampista Washington além do técnico Márcio Goiano.
 
 
É a 5ª edição consecutiva do Goianão, que o artilheiro pertence a um time fora de Goiânia, sagrando em 2018 novamente Nonato da Aparecidense com 9 gols marcados, artilheiro do Goianão pela quarta vez, em 2014, 2015, 2016 e 2018. É a 2ª vez que a Aparecidense tem o artilheiro da competição, sendo na 1ª vez, o atacante Fábio Luís com 17 gols em 2006.
 
 
 
Goiás 3x1 Aparecidense
 
Árbitro: Eduardo Tomaz. Assistentes: Fabrício Vilarinho (Fifa) e Leone Carvalho. Expulsões: Uederson (A) 6’ e Busatto (A) 32’ do 2º tempo. Rafael Cruz (A) após o jogo. Cartões amarelos: Marcelo Rangel, Caíque Sá, Madison, Léo Sena, Giovanni, Júnior Viçosa, Tiago Luis, Rafinha e Alex Silva (banco de reservas) (G); Thiago Carvalho, Tiago Ulisses e Nonato (A). Gols: Breno (cabeça) 53’’ do 1º tempo. Tiago Luis 31’, Alex Henrique (pênalti) (A) 42’ e Júnior Viçosa 49’ do 2º tempo. Renda: R$ 404.285,00. Público pagante: 19.880. 
 
Goiás: Marcelo Rangel, Caíque Sá, Deivid, Eduardo Brock e Breno; Madison, Léo Sena, Giovanni (Tiago Luis, 27’ do 2º tempo) (Pedro Bambu, 37’ do 2º tempo) e Carlos Eduardo; Júnior Viçosa e Maranhão (Rafinha, 12’ do 2º tempo). Técnico: Hélio dos Anjos.
 
Aparecidense: Busatto, Rafael Cruz, Thiago Carvalho, Mirita e Gleidson (Aleílson, 24’ do 2º tempo); Tiago Ulisses, Araújo (Gilvan, 22’ do 1º tempo), Washington e Uederson; Nonato (Pedro Henrique, 33’ do 2º tempo) e Alex Henrique. Técnico: Márcio Goiano. 
 

 

A FGF parabeniza toda a coletividade alvi-verde pela significativa conquista.


Autor: Roberto Sampaio
Fonte: Coordenadoria Técnica



Mais Noticias

PARCEIROS
Federação Goiana de Futebol
2018 Federação Goiana de Futebol - Todos os Direitos Reservados
Edifício The Prime Tamandaré Office 22º Andar
Rua 5 nº 691 - Setor Oeste - Goiânia - GO CEP: 74.115-060.
Fone/Fax:
(62) 3218-2311 / 3218-2360 / 3920-9050